Pergunte ao Professor

Pergunte ao Professor


De que depende a grandiosidade?

July 09, 2019

Quando você escolhe se dedicar a um ofício, é natural que tenha a ambição de ser reconhecido como alguém cuja performance é de alto nível. Mas o que é necessário para que nosso desempenho possa ser classificado como “grandioso” não só por nós mesmos, mas também, e principalmente, por quem se beneficia de nossas ações? Em outras palavras, o que é necessário para transformar um “bom” em um “ótimo”? Seria a grandiosidade uma consequência de talento natural ou a manifestação de um dom? Ou será existem caminhos alternativos para que nossas realizações sejam consistentemente notáveis? Essas são algumas das perguntas que inspiraram o episódio 3 do podcast “Pergunte ao Professor”. Boas reflexões!

Link para o artigo de Steph Smith “How to be great? Just be good, repeatably”:
https://estude.link/grandioso

Link para a Toptal, a rede de freelancers em que Steph Smith trabalha:
http://estude.link/toptal

Link para o livro “Range”, de David Epstein, na Amazon:
http://estude.link/range

Link para o livro “Atomic Habits”, de James Clear, na Amazon:
http://estude.link/atomichabits

Link para o livro “The Dip”, de Seth Godin, na Amazon:
http://estude.link/thedip